1464 1526 1841 1488 1060 1375 1132 1428 1120 1135 1941 1632 1359 1376 1400 1653 1163 1774 1224 1815 1582 1339 1104 1065 1010 1100 1801 1188 1681 1295 1593 1621 1599 1255 1286 1255 1738 1822 1101 1980 1285 1280 1647 1510 1053 1131 1121 1423 1710 1059 1332 1001 1939 1187 1384 1981 1604 1092 1335 1194 1418 1740 1233 1475 1964 1751 1078 1384 1322 1175 1395 1491 1863 1519 1673 1225 1783 1137 1998 1050 1243 1867 1201 1580 1813 1847 1608 1353 1604 1312 1459 1725 1019 1486 1256 1831 1113 1310 1116 Parceria entre a Prefeitura de Igaporã e o Consórcio Alto Sertão vai oferecer o selo SIM de qualidade aos produtos agrícolas locais - Notícias - Prefeitura Municipal de Igaporã - Site Oficial
Manual de navegação logo

Manual de navegação

Acessibilidade logo

Acessibilidade

Fale conoscobat-papo

Fale conosco

  • *Campos obrigatórios
  • Ao iniciar um contato, você concorda com a Política de privacidade

  • ...Ou se preferir

  • Ligue para nós

    (77) 3460-1021 / 3460-1141

  • E-mail

    ascom.pref.iga@gmail.com

  • Ou seja atendido presencialmente

    Segunda à sexta-feira, das 08:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:00 hs

    Pç Bernardo de Brito, 430, Centro

  • Outros meios de contato

Em conformidade com:

Parceria entre a Prefeitura de Igaporã e o Consórcio Alto Sertão vai oferecer o selo SIM de qualidade aos produtos agrícolas locais
13/04/2022

A Prefeitura de Igaporã enviou à Câmara Municipal um projeto de lei que tem por objetivo aperfeiçoar a fiscalização sanitária sobre os produtos da agricultura familiar.

 

O Projeto de Lei n. 7, de 4 de abril de 2022, fixa normas de inspeção e de fiscalização sanitária sobre a industrialização, o beneficiamento e a comercialização de produtos de origem animal, e altera o Serviço de Inspeção Municipal (SIM).

 

“A inspeção e fiscalização de que trata esta lei abrange os aspectos industrial e sanitário dos produtos de origem animal, comestíveis, através da inspeção ante e post mortem dos animais destinados ao abate, bem como o recebimento, manipulação, fracionamento, transformação, elaboração, conservação, acondicionamento, armazenamento, embalagem, deposito, rotulagem e trânsito de produtos de origem animal no âmbito do município”, define o projeto.

 

O programa será desenvolvido pela Prefeitura, em parceria com o Consórcio Alto Sertão. Os produtos fiscalizados receberão o selo SIM de qualidade, obtendo maior valor agregado e possibilidade de comercialização.

 

“Art. 5º - As regras estabelecidas nesta Lei têm por objetivo garantir a proteção da saúde da população, a identidade, qualidade e segurança higiênico-sanitária dos produtos de origem animal destinados aos consumidores”, esclarece o texto enviado ao Legislativo.

 

De acordo com a Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente, o programa priorizará a produção da agricultura familiar: leite e seus derivados, ovos, farinha de mandioca, rapadura, doces, entre outros itens da produção local.

 

A criação do SIM vai capacitar o Município a requerer adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI).

 

No parágrafo único do Artigo 9º, o Projeto define que a fiscalização do SIM não abrange a cadeia produtiva da carne e seus derivados, que já possuem regulamentação e fiscalização próprias, exercidas por instâncias superiores.

 

O Projeto assinado pelo Prefeito Newton Cotrim foi enviado para apreciação e votação na Câmara de Vereadores.



Autor: ASCOM/PMI

O que você achou da nossa página ?

  • Muito insatisfeito
  • Insatisfeito
  • Regular
  • Satisfeito
  • Muito satisfeito